O que comemorar no Natal?

  • 23/12/2016

O que comemorar no Natal?

Presepio

Muitas pessoas associam a época natalina com um momento para fazermos uma retrospectiva prévia dos acontecimentos ocorridos durante o ano. Uma celebração de fatos ocorridos que serão novamente relembrados com saudosismo no ano-novo com a expectativa de que prossigam ocorrendo no próximo ano ao melhor estilo “ano que vem tem mais”.

Nossa sociedade ocidental secularizada, há muito esqueceu o significado verdadeiro do natal - hoje, infelizmente, muito mais identificado com presentes e papais noéis – que é o nascimento de Cristo e a possibilidade de abertura individual para uma vida nova.

A data que simboliza o nascimento de Cristo nos traz a possibilidade de reconciliação para com os outros e para com nós mesmos. Permite que olhemos para dentro de nosso Ser buscando compreender as complexidades que o cercam e as dificuldades que enfrentamos diariamente  na busca incessante de sermos pessoas melhores.

Como humanos, temos uma ânsia de plenitude e de buscar a satisfação de nosso Ser. Embora muitos tentem transcender sua realidade terrena tocando o absoluto e a felicidade plena por meio da aquisição de bens materiais ou pela vivência de determinados fatos, sabe-se que tai meios são insuficientes para fornecer uma experiência de transcendência já que somente o reconhecimento da precariedade de nossa existência terrena e um olhar de humildade para com o mundo pode tornar essa plenitude possível.

Este reconhecimento de insuficiência - um xeque-mate em nossa arrogância cotidiana -permite um olhar diferente sobre a nossa realidade de modo a observarmos nossas fraquezas e buscarmos o aprimoramento pessoal com vistas ao absoluto, a verdade, ao bem e a Deus.

A mensagem cristã expressa bem esta reflexão pois esboça o sacrifício de uma divindade que, assumindo a forma humana, livremente se entregou por amor à imolação para redimir as falhas alheias. O fato histórico do nascimento de Cristo permite, desde que refletido, uma profunda remodelação de nossas vidas e de nossas atitudes.

Que saibamos comemorar o natal voltados para o nascimento de Jesus Cristo aproveitando-o como oportunidade de reflexão sobre nossa existência para corrigirmos nossas fraquezas, aprimorarmos nossas virtudes e alimentarmos nossas esperanças de um mundo melhor..

Um Feliz Natal a todos e que a máxima de “amar ao próximo como a nós mesmos” sirva de guia em nossa jornada.

Por
Mateus Wesp