EM PASSO FUNDO E ERECHIM, DEPUTADO WESP ARTICULA REUNIÃO SOBRE A

Sombra horizontal g
  • 09/07/2021

EM PASSO FUNDO E ERECHIM, DEPUTADO WESP ARTICULA REUNIÃO SOBRE A PROPOSTA DE CONCESSÃO DE RODOVIAS DA REGIÃO

A ERS-135 e a ERS-324 foram pautas do encontro que contou com a participação de Secretários do Estado

Whatsapp image 2021 07 09 at 13.37.45

Créditos: Leonardo Rosa

O deputado estadual Mateus Wesp (PSDB) articulou, nesta sexta-feira (09), uma reunião para tratar sobre a proposta de concessão à iniciativa privada das rodovias da região. Em Passo Fundo e Erechim, o encontro contou com a presença do Secretário Extraordinário de Parcerias do RS, Leonardo Busatto, do presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Marcelo Gazen e do diretor geral do Daer, Luciano Faustino. Na ocasião, dialogaram sobre a proposta de concessão da ERS 135 (Passo Fundo/Erechim) e da 324 (Passo Fundo/Nova Prata).

 

A viabilização da construção da duplicação das rodovias será por meio das parcerias público privadas (PPP’s) do programa Avançar/RS, lançado pelo Governo do Estado nos últimos dias. O Programa tem a proposta de levar para os municípios do interior estradas melhores, proporcionando progresso e desenvolvimento ao Estado. 

 

A duplicação da ERS-324, de Passo Fundo a Nova Prata, inclui o trecho que liga as cidades de Passo Fundo e Marau, na famosa ‘rodovia da morte’, que é considerada uma das estradas mais perigosas do Estado. 

 

Em Passo Fundo, Wesp frisou que é importante observar que nessa mesma concessão o município será contemplado com investimentos para duplicação do contorno leste da cidade, incluindo o trevo do Ricci - passando pelo contorno que perpassa o centro de distribuição das Farmácias São João e da empresa JR. Materiais de Construção, chegando ao trevo que dá acesso a BR-285, que vai a Lagoa Vermelha, e também ao trevo da UPF, que liga o planalto Médio ao Alto Uruguai pela ERS-135.

 

Já em Erechim, o Secretário Busatto afirmou que “a ERS-135, que vem de Erechim a Passo Fundo, a ERS-324, que vem de Nova Prata, passando por Marau e Passo Fundo, e a ERS-129, que vem do Vale do Taquari, todas elas seriam duplicadas integralmente durante esse processo de concessão", explicou. "São quase R$ 4 bilhões em investimentos em todo o bloco do Vale do Taquari e região de Passo Fundo, melhorando o escoamento da produção, gerando emprego e renda e, principalmente, salvando vidas e evitando acidentes, já que a ERS-324 é tão perigosa e já ceifou muitas vidas ao longo de sua história", destacou o secretário. 

 

Também estiveram presentes deputados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região, além de entidades como a Acisa, o Corede Produção, a CDL e o Sinduscon, Sindicato Rural de Passo Fundo. 

 

GALERIA DE FOTOS:

Por Equipe Wesp