DESAFIOS NA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS

Sombra horizontal g
  • 27/05/2021

DESAFIOS NA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS DO RS PARA 2022

Relator, deputado Mateus Wesp, coordenou audiência pública virtual para esclarecer pontos da LDO.

Whatsapp image 2020 11 19 at 12.18.21

Créditos: Leonardo Rosa

A Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, da Assembleia Legislativa, promoveu nesta quinta-feira (27) audiência pública virtual para a apresentação e discussão do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício 2022, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. A audiência foi conduzida pelo relator do Projeto de Lei 130/2021, da LDO, deputado Mateus Wesp (PSDB). A exposição reuniu o secretário estadual da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, as representações dos Poderes de Estado e de órgãos autônomos, deputados e entidades da sociedade civil. 

A LDO 2022 foi protocolada dia 14 de maio na Assembleia, pelo governador Eduardo Leite. A matéria tramita atualmente na Comissão de Finanças, que é o colegiado responsável pela análise das contas públicas. Até dia 9 de junho, está em vigor o prazo para apresentação de emendas parlamentares e populares.

O documento apresenta a previsão do exercício financeiro de 2022 com déficit de R$ 4,2 bilhões, com acordo entre os Poderes e órgãos autônomos de contingenciamento de R$ 142 milhões sobre a dotação autorizada. Esse foi um dos destaques da exposição, celebrada pelo governo e os demais poderes nos mesmos moldes da LDO 2021 no que diz respeito aos duodécimos para 2022. 

Será utilizada como base orçamentária a dotação de 30 de abril de 2021 (considerado o montante previsto no acordo de 26 de março), acrescida do índice nominal de 3,75%, correspondente ao centro da meta de inflação para 2021 fixada pelo Conselho Monetário Nacional.

Prevendo novo contingenciamento extraordinário no próximo ano, a lei define o limite do desembolso do duodécimo em 1,35% sobre o valor das dotações de 30 de abril deste ano, o que projeta a economia de R$ 142 milhões. Por videoconferência, o secretário Marco Aurélio Cardoso detalhou a elaboração da LDO 2022 e elogiou o esforço acumulado dos Poderes, que tem auxiliado o fluxo de caixa do Estado. 

As representações dos Poderes também se manifestaram, destacando o empenho para contribuir neste momento de crise, dentro das limitações e possibilidades de recursos. Enfatizaram, ainda, que foi estabelecido um alinhamento com um norte adequado dentro da legalidade que atenda aos anseios do que é necessário à subsistência dos Poderes, dentro do que a sociedade exige.

Wesp antecipou que as ponderações feitas pelos deputados ao longo da audiência pública serão acolhidas em seu relatório, referindo que a Assembleia debate temas relacionados em duas comissões especiais, do programa de adesão ao Regime de Recuperação Fiscal e sobre a crise das finanças e reforma tributária.

Texto: Luís Gustavo Machado (Jornalista – MTE 15280)

Por Luís Gustavo Machado / Bancada PSDB