Diário de Campanha II - A Solidariedade do povo gaúcho!
Slogan

  • 31/08/2018

Diário de Campanha II - A Solidariedade do povo gaúcho!

Whatsapp image 2018 08 31 at 08.27 edited

Geralmente as pessoas guardam na memória o aspecto negativo das campanhas políticas. Optam por ressaltar as brigas, as mentiras e as calúnias ao invés das coisas boas - que também existem – que acontecem durante o pleito eleitoral.

No dia de ontem fizemos visitas a várias cidades da região de Marau e Casca. No início da noite, retornando a Passo Fundo pela estrada de terra que liga Montauri a Serafina Correa tivemos uma surpresa quando nosso veículo teve uma pane generalizada e não ligou mais.

Estávamos no meio da estrada de chão – que precisa urgentemente de melhorias, diga-se de passagem – em um local em que o sinal do celular era precário. Eram 20:30h. Com a Providência Divina ao nosso lado, conseguimos sinal no aparelho celular para mandar uma mensagem à seguradora solicitando auxílio de um guincho e de um táxi.

No período em que estivemos aguardando, recebemos a solidariedade do jovem Ricardo Spada, de Montauri, que explicitamente se prontificou para nos levar de volta à cidade e buscar auxílio. Aguardou conosco a chegada do socorro, oportunidade em que pudemos conversar longamente sobre as demandas da região e a aflição do jovem sobre o futuro do Rio Grande. A conversa foi tão positiva que, ao expormos nossas propostas, ganhamos mais um apoiador.

Momentos depois, chegando o guincho, tivemos a oportunidade de conhecer dois jovens de Casca que também foram solidários e nos auxiliaram a resolver os problemas que haviam, mesmo que momentaneamente, interrompido a nossa campanha. Conversando com ambos pudemos fazer novas amizades e angariar mais adeptos a essa causa de renovação política que o Rio Grande precisa.

Esses fatos que vos narro encorajam na defesa das bandeiras que dão esperança ao nosso povo: moralização política, renovação e coragem para mudar.

Por fim, após resolvermos a questão do carro, aguardamos o taxista que, vindo de Nova Bassano, nos levaria a Passo Fundo.

Por uma feliz coincidência, o Taxista Gilberto Ferrari, gentil e educado, era filiado ao PSDB e nos auxiliou imensamente ao nos aconselhar e apontar boas lideranças da região que poderíamos visitar nos próximos dias. Ganhamos mais um parceiro nessa jornada pelo Rio Grande e pudemos perceber, de fato, que a solidariedade do povo ainda está viva nos gaúchos e gaúchas do nosso Estado.

Apesar do contratempo com nosso veículo, fiquei muito feliz. Pude perceber, como já dito, o quanto nosso povo é solidário e ainda se importa com seus semelhantes. Além disso, a esperança de um futuro melhor estampada no rosto de cada um desses novos amigos me motiva a seguir trabalhando, cada vez com mais afinco, pela renovação da política em nosso estado!

Por
Mateus Wesp