Mateus Wesp participa de lançamento do livro Reforma Política e
Slogan

  • 01/07/2018

Mateus Wesp participa de lançamento do livro Reforma Política e Eleições

Prof. carlos

Resurge no Rio Grande do Sul com muita força fruto do trabalho incansável durante quatro décadas de um dos maiores intelectuais brasileiros Dr. César Saldanha Souza Júnior o pensamento político que advoga a necessidade urgente do Brasil adotar instituições políticas adequadas a pratica da democracia representativa.

A proposta propõe a adoção do sistema parlamentarista de governo principalmente porque ele separa o exercício da função de chefe de estado da de governo. Este modelo é fundamental para criar responsabilidade política além da criminal nos integrantes do poder executivo e legislativo, questão que não ocorre hoje com o sistema presidencialista, onde o chefe do executivo apodera-se também da estrutura do estado e da máquina do governo. Isso ocasiona a corrupção no Brasil e a incompetência administrativa que tanto tem prejudicado o desenvolvimento do nosso país.

Brilhante seguidor das ideias dos Drs. César Saldanha, Paulo Brossard, Raul Pila, Assis Brasil e Gaspar da Silveira Martins, pensadores gaúchos, o professor Dr. Carlos Eduardo Reverbel convidou o vereador Mateus Wesp para o lançamento em 29 de julho no shopping Iguatemi em Porto Alegre de sua obra Reforma Política e Eleições. O livro analisa o desempenho do sistema político brasileiro através das décadas e propõe novas medidas estruturais para assegurar a eficácia e eficiência não só na representatividade como principalmente na gestão política administrativa.

Mateus Wesp, pré-candidato a Deputado Estadual é um profundo estudioso e também defende por ser discípulo do Dr. César Saldanha e do Dr. Reverbel este pensamento político que ao ser implantado elevará o Brasil a um nível de desenvolvimento igual aos melhores países do mundo. Mateus acredita que na reforma política que o Brasil fará brevemente os cidadãos devem sair às ruas e levantar a bandeira do parlamentarismo e do voto distrital.

Por
Equipe Mateus Wesp